google-site-verification=zMJEzW0AoojUlm4gH1t7R-sKjhkj12kQ6BMp2yiyTnk google-site-verification=zMJEzW0AoojUlm4gH1t7R-sKjhkj12kQ6BMp2yiyTnk
top of page

Desempenho Escolar e Deficiência de Vitamina B12 em Crianças.

Atualizado: 12 de fev. de 2019


Crédito da Foto: iStock

Deficiência  da Vitamina B-12 em crianças está associada ao grau de repetição e absenteísmo escolar, independente de folato, ferro, zinco, vitamina A.

Um estudo publicado no The Journal of Nutrition, demonstrou que a deficiência de vitamina B12 em crianças está associada à repetição de série e absenteísmo escolar, independente dos níveis de ferro, folato, zinco e vitamina A. Micronutrientes são essenciais para o desenvolvimento neurocognitivo e seu papel em resultados educacionais está claro.


Os resultados mostram que o risco de repetência foi de 4,9% e a taxa de absenteísmo foi de 3,8 dias por criança durante o ano de observação. A deficiência de vitamina B12 (<148 pmol/L) foi associada a um risco 2,36 vezes maior de repetência em comparação com as concentrações plasmáticas ≥148 pmol/L. Os outros micronutrientes não foram relacionados com a repetência. A deficiência de vitamina B12 também foi associada às taxas de absenteísmo escolar. As crianças com deficiência de vitamina B12 apresentaram uma taxa 1,89 vezes maior de absenteísmo em comparação com crianças que tinham níveis plasmáticos de vitamina B12 ≥148 pmol/L.


Doung e colaboradores, concluíram que “a deficiência de vitamina B12 foi associada com maiores taxas de repetência e evasão escolar de crianças em idade escolar em Bogotá, Colômbia”. Os autores afirmam que “os efeitos da correção da deficiência dessa vitamina sobre os resultados educacionais e o desenvolvimento neurocognitivo das crianças nessa faixa etária, têm de ser determinados em estudos de intervenção”.


Os alimentos ricos em vitamina B12 (Cobalamina) são especialmente de origem animal, como peixes (mariscos, ostras, arenque, caranguejo, salmão, truta), carnes (fígado de boi, fígado de frango, coração), ovos, queijo e leite. A vitamina B12 é absorvida no intestino e armazenada, principalmente, no fígado. Portanto, o fígado pode ser considerado uma das principais fontes alimentares de vitamina B12. Quem consome dietas estritamente vegetarianas, geralmente, tem baixa quantidade dessa vitamina no organismo, a não ser que faça uma suplementação, que deve ser acompanhada por um profissional de saúde, como o médico ou nutricionista.


As recomendações de ingestão diária de vitamina B12 é de 3 a 5 microgramas (mcg) por dia, sendo que 2,4 mcg para adultos, 1,2 mcg para crianças de até 8 anos e 2,6 mcg para gestantes e mães que amamentam (DRIS, 2004).


Referência:
 Duong MC, Mora-Plazas M, Marín C, Villamor E. Vitamin B-12 Deficiency in Children Is Associated with Grade Repetition and School Absenteeism, Independent of Folate, Iron, Zinc, or Vitamin A Status Biomarkers. J Nutr. 2015; 145(7):1541-8.

1.048 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page